Notice: Undefined variable: options in /home/u465804285/public_html/plugins/system/bot_speedy.php on line 126
Artigos e Notícias
Banner

Artigos e Notícias

Saúde efetua pagamento dos médicos anestesiologistas

A Secretaria  da Saúde esclarece que o pagamento à Cooperativa dos Médicos Anestesiologistas de Goiás,  referente ao contrato da Rede Pública,  foi efetuado na tarde de ontem. O valor do pagamento foi de R$ 1, 15 milhão, referente às notas fiscais dos meses de janeiro e fevereiro de 2012, apresentadas pela Coopanest. O crédito está disponível na conta da Cooperativa e a expectativa da Secretaria é que os médicos anestesistas retomem de imediato o atendimento nos hospitais de referência do Estado (Hugo, Huapa, HMI e HDT).

Fotne: Agência Goiana de Comunicação

Last Updated (Tuesday, 22 May 2012 18:30)

 

Medicamentos poderão ser deduzidos do IR

As despesas com medicamentos de uso contínuo ou de alto custo poderão ser deduzidas do imposto de renda pago todo ano pelo contribuinte, de acordo com projeto de lei aprovado nesta quarta-feira (9) pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado. Os medicamentos de alto custo estão na faixa de 30% de três salários mínimos e são vendidos a valores mais baixos, subsidiados pelo governo. A matéria vai agora ser examinada pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) e terá que passar pela Câmara dos Deputados para depois ser votada pelo Senado Federal.

O senador Armando Monteiro (PE) destacou que “a medida ajuda na subsistência das famílias que muitas vezes arcam com gastos elevados para manter a saúde, porque um determinado remédio pode não estar disponível para distribuição pelo governo”. Esses gastos poderão contar com a mesma faixa de desconto dado para recibos de atendimento por profissionais da área da saúde e nas despesas hospitalares.

O senador Paulo Davim (PT-RN) destacou que será uma medida de apoio importante para portadores de diabetes, transtornos mentais, AIDS e “uma legião de pacientes que precisam contar com subvenção para manter a saúde”.

Fonte: ohoje

Last Updated (Thursday, 10 May 2012 08:10)

 

Instituto Gerir assume gestão do Hugo

O Instituto de Gestão em Saúde (Gerir) assumiu hoje a gerência e execução das ações e serviços do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). Esse é o segundo hospital que passa a ser gerido por uma Organização Social (OS). O primeiro foi o HGG. O governador Marconi Perillo assinou na tarde de hoje a outorga do contrato de gestão, durante solenidade no Palácio Pedro Ludovico, na presença de diversos representantes da área da Saúde. 

A expectativa do Governo é que o novo modelo de gestão proporcione maior agilidade tanto no atendimento oferecido na unidade como também nos procedimentos administrativos. A administração da unidade, referência no atendimento de urgência no Centro-Oeste, será realizada em conjunto com a Secretaria da Saúde. 
“A gerência será feita pela OS, mas é o Governo que vai traçar metas, ditar as diretrizes, formular políticas e fiscalizar”, explica o secretário da Saúde, Antônio Faleiros. Uma das primeiras medidas desse novo modelo de gestão, segundo ele, é colocar em funcionamento 30 novos leitos dentro dos próximos 60 dias. 

O Instituto Gerir concorreu com outras duas organizações, O IGH, da Bahia e o Instituto Social Fibra, de São Paulo. O contrato prevê repasse da ordem de R$ 7,8 milhões, descontada a folha de pagamento dos servidores, que continua sob a responsabilidade da SES, que é de R$ 3,7 milhões por mês. De acordo com Faleiros, a nova gestão vai gerar um lucro para o Estado de aproximadamente R$ 12 milhões/ano. 

Nova direção
Os novos diretores do Hugo são: Ciro Ricardo Castro (diretor geral), Marciano Nóbrega (diretor do Conselho Técnico e porta-voz do Instituto Gerir), Luiz Antônio Zanine (diretor de Controle de Infecção Hospitalar), Nasser Rodrigues Tannus (diretor técnico), Joel Platino (diretor administrativo) e Carlos Alberto Lisboa (diretor de ensino e pesquisa). 

César Leite de Santana, conselheiro da Gerir, garantiu durante a solenidade de assinatura do contrato de gestão que o Instituto está ciente das dificuldades da unidade e pronto para solucionar todos os problemas. Para ele, o paciente não quer saber o tipo de hospital que o atende, nem quem o gerencia, ele quer apenas o atendimento. “Nossa função é garantir ao doente ser bem atendido”, concluiu.

Fonte: Agência Goiana de Comunicação

Last Updated (Wednesday, 09 May 2012 19:04)

 

COMO É REALIZADO O CLAREAMENTO DOS DENTES?

Há muitas maneiras de clarear os dentes, de creme dental com ação clareadora e outros produtos que removem manchas superficiais a custos reduzidos, a técnicas ativadas por luz executadas no consultório de um dentista e que podem custar em torno de R$ 1.000 ou mais dependendo do profissional.

Todas as técnicas de clareamento são realizadas de uma dessas duas maneiras:

1. Procedimentos clareadores que modificam a cor natural dos dentes, deixando-os com tons de cinco a sete vezes mais claros. Tanto o clareamento realizado no consultório (assistida) quanto aquele realizado em casa (moldeira) utilizam alvejantes. Os princípios ativos mais freqüentemente contidos nos alvejantes são o peróxido de carbamida e o peróxido de hidrogênio a concentrações de 10 a 22%, que ajudam na remoção tanto das manchas superficiais quanto das profundas. Há diferenças de custo entre os diferentes procedimentos:

  • Uma sessão de clareamento ativada por luz no consultório do dentista, às vezes chamadas clareamento assistido (clareamento no consultório), pode custar em torno de R$ 500 ou mais dependendo do profissional, e seus resultados são dentes muito mais brancos, instantaneamente. Porém, após um ano comendo e bebendo normalmente (café, chá, refrigerantes), seus dentes perdem ligeiramente a cor e novas manchas aparecem. Para ter seus dentes brancos novamente você deverá repetir a sessão de clareamento ativado por luz.
  • Uma moldeira personalizada criada pelo seu dentista para clarear os dentes em casa, custa por volta de R$ 300 por arcada dentária, e deve ser usada durante muitas horas durante o dia, ou durante a noite por duas semanas. Quando você observa novas manchas, deve apenas usar a moldeira novamente por uma ou duas noites para removê-las.
  • Produtos vendidos sem receita nas farmácias para clarear os dentes incluem moldeiras que se adaptam depois de aquecer e morder, gel alvejante aplicado por um pincel, e fitas de clareamento com preços que variam em torno de R$ 20 a R$ 150, dependendo do produto de branqueamento.

2. Procedimentos não clareadores funcionam por ação física e/ou química para ajudar a remover manchas superficiais. Todas os cremes dentais recaem no uso de um leve desgaste para remoção de manchas superficiais entre consultas odontológicas. Cremes dentais clareadores contêm agentes químicos ou polidores para promover a remoção adicional das manchas. Uma limpeza profissional feita por uma dentista ou higienista também envolve desgaste para remoção de manchas mais externas causadas por alimentos ou tabagismo.

Cada um responde de maneira diferente a cada tipo de clareamento. Algumas pessoas respondem bem aos cremes dentais clareadores, enquanto outras, com dentes acinzentados ou outro tipo grave de descoloração, necessitam de facetas laminadas de porcelana(abordados ainda nessa sessão) para obter os sorrisos que sempre desejaram. Apenas seu dentista ou higienista podem determinar o que é melhor para você.

Last Updated (Thursday, 22 March 2012 13:08)

 

Erisipela pode ser tratada com métodos alternativos

Uma boa notícia para usuários do SUS que precisam de tratamento contra Erisipela. O Hospital de Medicina Alternativa (HMA) realiza trabalho de prevenção e tratamento da doença. Mais comum nos diabéticos, obesos e portadores de deficiência de circulação do sangue, a Erisipela é um processo infeccioso que prejudica a qualidade de vida do paciente e, em alguns casos, leva ao óbito. No HMA o tratamento é realizado através da homeopatia e fitoterapia, com bom índice de eficiência. 

“Muitos dos nossos pacientes com essa patologia melhoram muito a qualidade de vida”, ressalta a médica Débora Mendes. Ela explica que quando o paciente chega à unidade com um quadro de infecção aguda, a orientação é para buscar um especialista da área. Nessa situação, o tratamento deve ser realizado no modelo tradicional. A médica ressalta que caso o estágio da doença não esteja avançado, é possível realizar o tratamento alternativo, à base de medicamentos homeopáticos ou de plantas medicinais aprovadas pelo Ministério da Saúde (MS).

Débora Mendes esclarece que o tratamento através de medicamentos homeopáticos trabalha o bem-estar do indivíduo na totalidade e não apenas a doença. “A causa da doença pode ser emocional ou psicológica, por isso observamos vários sinais do paciente, como insônia, ansiedade e autoestima, para indicar o medicamento que combate todos esses sintomas e, consequentemente, a própria Erisipela ”. 

Ainda segundo Débora, os remédios homeopáticos atuam na energia ao corpo, tendo poucos efeitos colaterais e podem levar à cura total da enfermidade. Outra vantagem dos homeopáticos é a possibilidade de várias formulações diferentes, adaptáveis a cada caso. O HMA também oferece tratamento à base de plantas medicinais, conhecido como Fitoterapia. Atualmente são utilizadas plantas que agem no sistema nervoso. Importante destacar que essas plantas ainda não têm evidência de cura comprovada cientificamente.

O que é Erisipela
É um processo infeccioso cutâneo, causado por bactéria que se propaga pelos vasos linfáticos. Os primeiros sintomas podem ser aqueles comuns a qualquer infecção: calafrios, febre alta, astenia, cefaléia, mal-estar, náuseas e vômitos. As alterações da pele podem se apresentar rapidamente e variam desde uma simples vermelhidão, dor e edema (inchaço) até a formação de bolhas e feridas por necrose (morte das células) da pele. O diagnóstico é feito apenas pelo exame clínico, analisando os sinais e sintomas apresentados pelo paciente. 
Mais informações: (62) 3201-3811

Last Updated (Monday, 12 March 2012 16:46)

 
More Articles...

Empresas anunciantes em saúde

Esta página é patrocinada por

 tica_final

 

 

 


As mais recentes notícias da cidade de Goiás e região por tópicos

Tempo Agora
Últimas Notícias
Banner
Enquete
Goiás está mais carente em qual das seguintes áreas?
 
Dicionário

Internautas
Espaço dos internautas conectados. Comentários enviados ao sitedegoias.
Banner
Clique aqui e veja como deixar o seu
Newsletter

Envie seu email e receba nossos informativos.







Acessos