Notice: Undefined variable: options in /home/u465804285/public_html/plugins/system/bot_speedy.php on line 126
Artesanato na cidade de Goiás Velho, Artesanato na cidade de Goiás
Banner
JOELMA ARTESANATO

Várias peças com fabricação própria, vendas no atacado e no varejo, com preços e atendimento especiais, supervisionado pela proprietária.

Saída de Goiás rumo à Goiânia, GO 070, após a madeireira Goiás.

Ligue: (62) 9622-8972

fale com a JOELMA e faça suas encomendas.

“O SENHOR É MEU PASTOR. NADA ME FALTARÁ”.Salmo 23/22

                    
  Joelma_Artesananato_002

Last Updated (Wednesday, 04 August 2010 10:43)

 
Artesanato da Cidade de Goiás

    O artesanato vilaboense é uma das fontes de maior geração de emprego e renda do município de Goiás, com destaque para peças manufaturadas em barro, tais como: panelas, telhas (para peixes na telha), jarros, vasos, objetos de decoração dentre outras, além dessas, são produzidas pelos nossos artesãos peças em madeira, bambu, tecido e etc.
    Essa secular atividade que se destaca pela sua beleza e originalidade, e que ao longo do tempo vem sendo um importante atrativo turístico, envolve aproximadamente 1500 pessoas desde a retirada e o transporte da lenha e do barro até chegar ao final da corrente: as lojas e os vendedores.
Venha conhecer nossas peças expostas em lojas na Cidade e as margens da GO-070 até o povoado de Areias.

Last Updated (Sunday, 04 July 2010 20:58)

 

Parceria quer artesanato além fronteiras

Designer colombiana Olga Quintana, curadora da Expoartesanías, visita Goiás para iniciar processo de validação da produção artesanal no Estado, com vistas à participação na maior feira de artesanato da América Latina

José Antônio Cardoso - Goiás

O artesanato feito em Goiás deve passar por transformações, após visita da designer colombiana Olga Quintana ao Estado. O pensamento é da própria Olga, que conheceu o trabalho de artesãos locais, especialmente na Cidade de Goiás, Cristalina, Pirenópolis e Olhos D`Água, distrito de artesanatoAlexânia. Para a designer, o artesanato goiano possui identidade e técnica, podendo melhorar em qualidade e segmentação de produtos. “A beleza das fabricações é notável, mas aspectos como acabamento podem dar mais valor de mercado à produção”, explica Olga.

Convidada pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae em Goiás) como curadora da Artesanías de Colômbia, órgão daquele País que promove o desenvolvimento do artesanato local, a designer esteve no Estado em missão especial: iniciar processo de validação do artesanato produzido na região Centro-Oeste brasileira, com vistas à participação na Expoartesanías 2010, a maior feira de artesanato da América Latina, que será realizada em dezembro próximo, em Bogotá, Capital da Colômbia.

Aliás, segundo Maria Beatriz Ribeiro de Lúcia, gestora de projetos de artesanato do Sebrae goiano, a visita de Olga a Goiás parece ser alentadora para a produção artesanal no Estado. A gestora ressalta que o trabalho da designer trás o conhecimento que a Artesanías de Colômbia detém sobre o artesanato na América do Sul para o aproveitamento do setor no Brasil. “O processo de cooperação teve início durante a Missão Brasil Central, em dezembro passado, envolvendo dirigentes e gestores dos Sebrae no Centro-Oeste do País”, lembra.

Presente à missão na Colômbia, Humberto Rodrigues de Oliveira, diretor Administrativo e Financeiro do Sebrae em Goiás, afirma que “os colombianos estão abertos à cooperação e podemos projetar um trabalho que atue nas especificidades regionais, com foco no design e na inovação”. Experiência para isso não falta. Faz 10 anos que a Colômbia produz políticas públicas que direcionam ações para o desenvolvimento do artesanato local, sempre com a Artesanías de Colômbia à frente do processo.

Para se ter uma ideia do poder de articulação da entidade, atualmente a Colômbia possui cerca de 60 mil artesãos cadastrados em todo o País, dos 350 mil profissionais estimados. Segundo Olga, somente a Artesanías de Colômbia conta com 77 funcionários diretos e aproximadamente 200 terceirizados. “Estamos prontos para projetar talentos em artesanato na América Latina, região no mundo que valoriza a produção manual, um dos símbolos da criatividade de seu povo”, analisa a designer, citando a história de cada lugar como fonte produtiva para artesãos.

A palavra de Olga faz lembrar sua visita a uma loja de artesanato na Cidade de Goiás, quando ela orientou artesãos a usar mais em suas produções a imagem da personagem Maria Grampinho, mulher negra que, historicamente, perambulava nas ruas da cidade, que enchia os cabelos de grampos e artesanato_11agregava à sua roupa tudo que encontrava pela frente. “A Maria Grampinho parece ser um dos mais célebres ícones da antiga Capital de Goiás, por isso devemos investir na sua caricatura como representante de uma identidade local”, observa a designer.

Olga conheceu na Cidade de Goiás produções com matérias-primas do bioma Cerrado, em cerâmica, pedra sabão e tecelagem. Com sua máquina fotográfica digital, a designer registrou tudo o que pôde, como uma espécie de portifólio de sua missão em Goiás. “Quero levar do Estado impressões do artesanato local que possam contribuir para o progresso do setor”, enfatiza Olga, que, da Antiga Vila Boa de Goiás, foi para Cristalina, a 260km de Goiânia (GO), ver o que artesãos fazem com uma das riquezas do subsolo da região: o cristal.

Fonte: www.sebraego.com.br

 

As mais recentes notícias da cidade de Goiás e região por tópicos

Tempo Agora
Últimas Notícias
Banner
Enquete
Goiás está mais carente em qual das seguintes áreas?
 
Dicionário

Internautas
Espaço dos internautas conectados. Comentários enviados ao sitedegoias.
Banner
Clique aqui e veja como deixar o seu
Newsletter

Envie seu email e receba nossos informativos.







Acessos